Dicas de viagem pra Buenos Aires - Segunda parte

23 outubro 2011


Nesse segundo post com dicas sobre como se virar em Buenos Aires, trato de assuntos referentes à sobrevivência durante os dias na cidade. Para ler a primeira parte - que trata, basicamente, das burocracias para ir até lá e receber carta branca para entrar no país - clique aqui. Os comentários estão à disposição para qualquer tipo de dúvida que vocês tenham, sejam elas relacionadas aos tópicos abordados ou não. Divirtam-se!


Hospedagem

Buenos Aires é uma cidade muito barata, nesse aspecto – bem diferente de Londres. Com menos de duzentos reais é possível ficar hospedado aproximadamente uma semana em algum hostel bacana e bem localizado. O hostel em que eu fiquei, por exemplo, se localiza na calle Perú, bem pertinho da Praça de Maio e de algumas estações de metrô. Acho que nunca dormi em cama melhor!


Alimentação

Esse foi o aspecto em que eu mais sofri enquanto estive por lá. Não sou muito chegada em carnes, especialmente nas mal passadas... E, como vocês já devem saber, carne é meio que o prato típico dos hermanos. Se você é vegetariano, dê uma boa pesquisada antes de viajar. Se não é muito fã de nacos sangrentos, assim como eu, vá de hamburguesa que não tem erro.

As refeições, de modo geral, têm mais ou menos os mesmos preços do Brasil. Levei até um susto quando entrei no McDonald’s e vi sanduíches que custavam quase 30 pesos, haha! Mas se eu fosse vocês, passava longe do restaurante do Ronald. Primeiro porque os das regiões centrais estão quase sempre lotados; segundo porque eu tive uma bela de uma intoxicação alimentar depois de almoçar lá, no último dia de viagem. Lindo, né?


Transporte

É bem barato se locomover dentro de Buenos Aires. Pelo menos pra mim, já que moro numa cidade cujo transporte público tá quase batendo na casa dos três reais e os táxis são meios de locomoção impensáveis de tão caros. Mas se você estiver acompanhado de duas ou três pessoas, a melhor opção para se deslocar pela capital argentina são eles, mesmo.

De vez em quando eu leio relatos de pessoas que tiveram problemas com taxistas enrolões por lá, mas nada de extraordinário aconteceu comigo, felizmente. Tiveram até dois que foram extremamente agradáveis: o primeiro botou no rádio uns rocks legais, só porque percebeu que a gente curtia; o segundo discutiu futebol com o namorado e chegou a declarar que não vai com a cara do Maradona!

Além dos táxis eu bati muita perna, usei o metrô duas ou três vezes e não lembro de ter andado de ônibus. Pra falar a verdade, não lembro nem de ter visto um ônibus. As estações do metrô são meio antigas, se comparadas às de São Paulo e Rio de Janeiro, e eu não tenho muita certeza sobre o nível de higiene delas. Suponho que não sejam de todo ruins. Se fossem, eu com certeza lembraria.


Espanhol

Se você já tá com as passagens compradas e pensa em providenciar um pequeno dicionário de espanhol, pode esquecer. Não é necessário ter conhecimento avançado na língua para se fazer entender em Buenos Aires. Com um pouco de sorte, não é necessário conhecimento algum. Um português bem pronunciado e mais lento é o suficiente para se virar tranqüilamente.


Dinheiro e segurança

Não sei se isso só acontecia na época em que estive por lá, mas muitos dos lugares em que fiz compras não tinham troco. Evitem, portanto, tentar pagar balinhas com notas de cem pesos. Alguns lugares também não têm a santa maquininha para passar cartão, então não se joguem nas compras e nem caiam de boca na bendita da carne sangrenta sem verificar isso antes – ou sem dinheiro no bolso, o que é mais simples.

Ouvi muita gente falar de roubos de pertences de turistas em Buenos Aires, especialmente de máquinas fotográficas. Por sorte nada disso aconteceu comigo, mas tomar cuidado não é uma coisa que você deva deixar de fazer em qualquer canto do mundo, certo? Infortúnios acontecem o tempo todo, com todo tipo de pessoa e em todo lugar. Você não vai ter menos cuidado em Buenos Aires do que teria na sua própria cidade.

20 comentários

  1. Amei o post, Kamylla!
    Intoxicação alimentar no último dia da viagem, que tristeza.
    No próximo post, você vai falar sobre os pontos turísticos de lá? Espero que sim, rs. Os taxistas que falou, pareceram bem divertidos. Beijos.

    http://certinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Então, Adriele, esses dois posts foram uma introdução super básica, mesmo. Ao longo da vida do blog eu vou contando uma ou outta história ou passeio que fiz lá. Mas nada super planejado. :)

    Qualquer dúvida mais específica, é só perguntar e tal. o/

    :*

    ResponderExcluir
  3. Amei o post, Buenos Aires é um dos lugares que tá na minha lista pra conhecer.

    www.garotadeallstar.tk

    ResponderExcluir
  4. Espero que tu possa conhecer logo, Manu! :)

    :*

    ResponderExcluir
  5. Adorei o nome daqui, eu AMO Londres, quero tanto morar la :)

    http://portifoliodasletras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. adorei o post, Buenos Aires deve ser um lugar lindo, com seu post fiquei ainda mais com vontade de conhecer
    Saiadeflor

    ResponderExcluir
  7. É maravilhoso, Bel! Corre pra lá que eu recomendo, hahaha. <3

    :*

    ResponderExcluir
  8. Adorei o post, É bom ir em lugares que falam espanhol, pq eles entendem mais ou menos o que você fala, e isto é bom.
    http://senhoritaliberdade.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Acho que visitar um país de língua espanhola é a melhor pedida pra quem não manja muito de inglês, mas quer conhecer outro lugar, Stella. :)

    :*

    http://hey-london.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Adorei suas dicas. Estou anotando para quando eu for pra Europa, haha.
    http://www.dinhacavalcante.com/

    ResponderExcluir
  11. Fico feliz em ajudar, Dinha. ;)

    :*

    ResponderExcluir
  12. Adorei o post ! Seu blog é lindo =)
    http://december97.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Obrigada, Kathleen! Espero te ver mais vezes por aqui. :)

    :*

    ResponderExcluir
  14. Olá :D
    Vi seu blog por acaso num comentário em post do Não Provoque e simplesmente amei! *-*
    Sua iniciativa de juntar dinheiro, se esforçar e fazer tudo o que puder pra viajar é admirável :D Um dos meus maiores sonhos é viajar pra England também, só que láá pro norte, pra conhecer a Ynys Môn, ou hoje chamada de Anglesey, um dos últimos redutos (e escola de druidismo) dos maravilhosos celtas, o povo preferido e que habita minha mente 30h por dia haha. Como você adoro história também, e fazer a faculdade de História por hobby mesmo é um dos meus planos pra depois que terminar a minha de Direito. A história da Inglaterra é realmente legal (AMO aquelas intrigas que circundavam Henry VIII e cia uhauha), mas é mais admirável ainda quando a gente vê que povo a formava antes que os malditos romanos a invadissem... Dito isso, tenho profundo amor pelas Scotlands e Irlanda também =)

    Gostei mesmo do blog, tô seguindo ali no Google!
    Bisous

    ResponderExcluir
  15. Ai, Jun, é lendo comentários lindos como o teu que eu fico motivada a levar o plano adiante! :)

    O que eu mais gosto na História da Inglaterra é, justamente, a Dinastia Tudor. Seria a realização de um sonho pra mim poder fazer uma pós-graduação em História Moderna e poder estudar esse período. <3

    Gosto bastante da Escócia e da Irlanda e espero poder mais sobre esses países ao longo da minha vida, mas mais por hobby, mesmo. Irlanda sempre me pareceu tão, mas tão simpática. :D

    Espero, de verdade, que continue acompanhando meu blog. \o

    Beijão. :*

    ResponderExcluir
  16. Você não gosta de carne mal-passada? Wow. Carne mal-passada é ótimo (e como gaúcha que sou, morando perto dos hermanos, partilhamos de muitos gostos). Enfim, então a hospedagem lá é tranquila? Bom saber. Mom and daddy pretendem dar uma passada por lá. É bom ter as informações certas. Bjo.

    http://miasodre.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. Pois é, Mia, tou pertinho de vocês e dos argentinos, mas carne não é bem a minha praia. Acho o gosto tanto faz, sabe? Haha. Como mais porque é o que tem.

    A hospedagem é bem tranquila sim, mas não sei se hostel é a melhor opção pra uma família. É bom pesquisar um pouco antes de fechar qualquer coisa. A maioria é lotado de jovens bagunceiros E barulhentos, haha, o que pode incomodar um pouco quem quer uma caminha pra dormir e só. Além disso, alguns têm restrição etária.

    :*

    ResponderExcluir
  18. Okay, você me convenceu: eu vou a Buenos Aires! HAHAHAHAHA

    <3

    Amei as dicas, My!

    ResponderExcluir
  19. Sou muito persuasiva, né? Haha. :P

    :*

    ResponderExcluir