As vantagens de aprender inglês

08 novembro 2012


Por que aprender uma segunda língua? Posso apostar uma libra esterlina que as respostas de vocês a essa simples pergunta não vão muito além do que se ouve falar bastante por aí: qualificação profissional, maiores possibilidades de comunicação em solo estrangeiro ou a mera facilidade em assistir àquele episódio do seu seriado favorito que ainda não foi legendado. Tô certa?

Pois bem, quero sugerir um exercício. E se em vez da língua inglesa ser encarada por todos nós apenas como um meio, ela se torne um fim em si mesma? E se de repente ela ganhasse a mesma importância que damos à monarquia inglesa, à música, aos programas de televisão ou às construções que povoam nossos sonhos? E se deixarmos de suspirar pelos romances ingleses clássicos para apreciarmos o idioma em que eles foram escritos?


Uma língua diz tanto sobre um povo quanto um livro de história poderia dizer. Entre as palavras, expressões, gírias e trocadilhos há todo um emaranhado de relações sociais a ser desvelado – tanto do passado quanto do presente. É através da expressão que nos percebemos e afirmamos nosso lugar no mundo; é também como percebemos o outro e no diferenciamos dele. Por isso, um bom curso de inglês é importante tanto para o desenvolvimento profissional quanto para o pessoal.

Aprender inglês, é claro, não torna ninguém automaticamente inglês ou qualquer coisa do tipo, até porque isso nem é possível. Aprender inglês é mais como calçar os sapatos de outra pessoa e tentar caminhar com eles. Provavelmente não vai ser a experiência mais confortável do mundo, mas vai fazer com que possamos compreendê-la melhor e, com toda certeza, também vai fazer com que aprendamos muito mais sobre nós mesmos.

18 comentários

  1. "Aprender inglês é mais como calçar os sapatos de outra pessoa e tentar caminhar com eles."
    Adorei essa parte (:
    Não sei se consigo ver o estudo de inglês como um fim por si mesmo D: , mas ainda assim é muito importante ;*

    ResponderExcluir
  2. Hahaha, eu comecei a encarar idiomas estrangeiros de outra forma depois que decidi que ia fazer Letras, Mônica. Quero muito tentar juntae História e Letras em uma coisa só. *___*

    :*

    ResponderExcluir
  3. Acho que inglês é uma questão de escolha, interesse pois se a pessoa gosta de musicas estrangeiras, programas, filmes, seriados realmente tem mais facilidade de aprender, ou de querer cursar um inglês,aprender por gostar. E pelo pouco que as escolas pelo menos do Brasil, não dão tanta importância, é tipo uma matéria daquelas tanto faz sabe,vendo o básico de inglês talvez nem isso, não despertando as vezes o real interesse em estudar a outra língua mais profundamente, aprender mais, entender o porque e tudo mais.Os poucos que se interessam as vezes é por causa de uma profissão, ou que pretende estudar fora do brasil, tendo que aperfeiçoar seu inglês mas é uma língua bem ampla para a brandir seus conhecimentos.

    ResponderExcluir
  4. há quem diga que o inglês é uma língua meio sem graça, não melodiosa e etc, mas eu sempre fico fascinada com a formação das palavras (às vezes são umas coisas tão bobinhas, tão ingênuas e simples, e por isso que é legal. tipo coveiro ser 'gravedigger'), com as expressões intraduzíveis e os sons <3

    ResponderExcluir
  5. Olá gatona =)

    Nossa inglês é fundamental !!! pra tudo hoje em dia .. acho muito válida a importância desse idioma !

    que blog lindo , adorei o conteúdo , já seguindo , te convido a seguir e participar do sorteio BAFO que tá rolando no meu blog :

    http://quero-ser-ryca.blogspot.com.br/2012/10/primeiro-sorteio-do-blog.html#comment-form

    bjão

    ResponderExcluir
  6. Uma pessoa disse " mas eu sempre fico fascinada com a formação das palavras" , eu já fico assim com o alemão, aquela aglutinação de tudo que é coisa, é linda e assustadora D:

    ResponderExcluir
  7. Pois é, Ana Carolina, concordo contigo. Não conseguia me interessar por inglês quando tava na escola. Fui aprendendo aos poucos através de filmes e seriados, aí passei a ler com relativa freqüência em inglês e peguei. Mas só fazendo História que eu comecei a refletir sobre os idiomas, os processos históricos pelos quais eles passaram, etc. Espero que isso me ajude na faculdade de Letras. :)

    :*

    ResponderExcluir
  8. Pô, Muni, pior que as pessoas que eu conheço costumam dizer justamente o contrário! Defendem que tudo soa melhor em inglês e tal. Nesse ponto eu discordo deles, acho que nenhuma língua é capaz de superar as latinas no quesito melodia. E sim, eu acho bonitinho o modo como muitas das palavras em inglês são formadas. XD HHAHAHA.

    :*

    ResponderExcluir
  9. Oi, Maira! Concordo plenamente contigo. E muito obrigada pela visita e pelo apoio. :)

    :*

    ResponderExcluir
  10. Eu morro de medo de alemão, Mônica! HAHAHA. Pensei em escolher Letras/Alemão como segunda opção no vestibular, mas não sei se ia conseguir aprender. :~

    :*

    ResponderExcluir
  11. Ola;
    Venho convidar você a participar da
    comunidade " Keep Calm and Blog"
    um espaço aonde você pode divulgar seu blog, comentar em algum blog assim também como podem comentar o seu.
    Um espaço aonde blogueiros podem se interagir e uma grande forma de fazer com que conheçam seu blogue
    aqui está o link: http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=123417058
    Boa sorte com seu blog bejos ;*

    ResponderExcluir
  12. Tô precisando melhorar meu inglês, logo mais vou entrar em um curso, haha ♥
    Beijinhos ♥
    http://mydreamsofasummernight.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Muito obrigada pelo convite, Lorena, mas eu meio que ando deixando o Orkut de lado. :/

    :*

    ResponderExcluir
  14. Hahaha, sucesso no curso, Joice! :D

    :*

    ResponderExcluir
  15. AH, aposto que conseguiria aprender o alemão sim ... mas eu não sei se entrar no curso sem ter um certo conhecimento da língua e uma grande paixão pela mesma seja uma boa ideia D: ... claro que cada um é cada um ... mas eu considero uma das línguas (dentre essas mais faladas claro) mais difíceis ... então é mto amor e de dedicação (que nem é meu caso ainda D: , a parte da dedicação pelo menos) :P

    ResponderExcluir
  16. Acho que se eu entrasse em Letras/Alemão ia me dedicar bastante, Mônica, mas realmente meu conhecimento da língua é muito pequeno. XD Só sei de uma ou outra coisa por causa do namorado, HAHAHA. Então decidi investir nas línguas latinas mesmo, que têm mais a ver com os meus interesses.

    :*

    ResponderExcluir
  17. Muito bom o seu artigo. Eu já enxergo aprender inglês como uma realização pessoal que engradece meu ser, me enriquece culturalmente e infla minha auto estima.

    ResponderExcluir