Redes sociais e amizades

14 março 2013


Recebi uma proposta bem legal do pessoal do Badoo: refletir um pouco sobre redes sociais e amizades. Quem me acompanha por aí já deve ter percebido que eu passo boa parte dos meus dias on-line, mas nem todo mundo sabe que esse hábito não é de hoje. Sou viciada em internet e tenho uma quedinha por comunicação desde criança, o que significa que já experimentei todos os tipos de sites e softwares que prometem conectar pessoas.

Tudo começou lá pelos meus onze anos, quando ganhei meu primeiro computador. Os chats estavam em alta e eu fiquei na maior ansiedade até conseguir entrar em um chat para bater papo. Acabei me viciando pelas salas do site da turma da Mônica e foi por lá que acabei fazendo minha primeira "amiga virtual". Nós trocamos cartas por algum tempo, nos conhecemos pessoalmente há dois anos e nos falamos até hoje!

Depois dos bate-papos vieram o ICQ, os fóruns e as fanfics. O ICQ logo foi substituído pelo MSN e os Fotologs também surgiram, fazendo o maior sucesso. Sem contar a febre que foi o Orkut, né? Mas enquanto os meus colegas de escola se dedicavam às fotografias e à análise dos perfis alheios, lá estava eu escrevendo histórias com os personagens de Harry Potter ou debatendo algum aspecto dos livros nos fóruns da vida. Fiz um bocado de amigos nessa época e continuo mantendo contato com a maioria deles.

Analisando toda essa trajetória é que eu consigo ver como as redes sociais foram importantes durante o meu crescimento. Sou bem mais tímida do que pareço, então é um alívio poder me sentar diante do computador e expressar minhas idéias, sentimentos, gostos e desgostos. Sem contar a possibilidade de conhecer gente maravilhosa e que vive, sei lá, em Nárnia. Hahaha.

Alguém aí é tão viciado em redes sociais quanto eu? Quais são as favoritas de todos os tempos? O que vocês pensam de amizades que nascem via internet?

30 comentários

  1. Mylla, acho que eu sou viciada em redes sociais até hoje, mas eu sou mais "controlada"!
    Eu tive uma crise no ano passado por causa de um ex-namorado e, desde então, eu não conseguia entrar em qualquer rede social que prestasse, podia ser twitter, facebook... enfim, crises passadas!
    Acho super legal essa interação que a gente tem com pessoas de outros lugares por meio de redes sociais. Eu consigo manter contato até com amigos meus que foram fazer faculdade em outros lugares e que eu quase nunca consigo ver quando volto para a minha cidade natal!
    Achei bem bacana o tema! Você disse no texto que escreveu fanfics... acho que todo mundo que um dia gostou de Harry Potter, leu fanfics... E, atualmente, está em falta bons autores :(:(
    :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei se no meu caso o termo é "controlada", mas digamos que eu já não vejo tanta graça nas redes sociais quanto via há um ou dois anos. Só falta eu parar de procrastinar no Twitter e no Facebook e sair pra fazer coisas mais úteis, haha.

      Sabe que faz uns bons cinco anos que não leio fanfics de Harry Potter? Não faço idéia de como estão as coisas!

      :*

      Excluir
  2. Hey! Hoje em dia eu uso mais o facebook e os blogs ... mas também foi ali pelos meus 11 anos que descobri esse mundo e me perdi nas redes sociais, fazendo amizades, amores, e desilusões amorosas D: ... jogando "rpg" de Harry Potter pelo orkut ... amava aquilo ... hahaha.
    ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAUHAUHAUHAUAHA, eu também tive uma fase de RPG de Harry Potter no Orkut! XD

      Excluir
  3. Sempre fui viciada em redes sociais e também acho que elas foram muito importante pro meu crescimento. Saudades da época do rpg de harry potter, saudades de você como Marlene McKinnon e eu como a Melody, De vez enquanto ainda me pego relembrando aquele tempo rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E eu posso saber por quais motivos a senhorita não está adicionada em alguma rede social minha? :P

      Essa época dos fakes foi bem legal em on, mas terrível em off. :(

      Excluir
  4. Desde o Orkut que sempre fui viciada em redes sociais. Mas acho que de certa forma elas acabam afastando nossos amigos reais. Como podemos conversar diariamente pela internet, as visitas e os encontros acabam diminuindo e a amizade sei lá, some. E é dificil recuperar de novo.
    Beeijo
    http://agarotaeotempo.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre tive um tanto de dificuldades em fazer amigos "reais", mas acho que nunca me afastei deles por causa da internet. Sou meio caseira, então o programa era ir pra casa deles ou eles aparecerem na minha, haha. Eventualmente os encontros começaram a diminuir porque a galera foi pra faculdade, começou a trabalhar, arranjou outros amigos... Mas acho que é o curso normal das coisas.

      :*

      Excluir
  5. Ai, acho que todo mundo, principalmente nós jovens, somos um pouquinho sim viciados em internet, mas eu não sou muito a favor não.... Acho que tudo tem seu tempo sabe? Fico muito mau, quando passo o dia inteiro sentada em frente a essa tela... sei lá rsrs.... Acho que temos que aproveitar ao máximo o tempo fora daqui...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um pouquinho? Hahaha. E realmente, toma um bocado de tempo. Eu pelo menos podia ler e assistir muito mais coisas se não ficasse quase o dia inteiro olhando pra tela do computador. :P

      :*

      Excluir
  6. Internet... Depois que surgiu, quem é que não se viciou? haha A coisa mais difícil hoje em dia é encontrar alguém que não tenha, pelo menos, uma rede social. Eu já fiz amizades online mas, infelizmente, quase nenhuma durou tanto. Gosto de passar alguns dias sem internet pra me conectar de volta no mundo real. Às vezes fico tão viciada que fica difícil me tirar daqui. Mas, acho que com equilíbrio, é bem legal fazer amizades e ficar nas redes sociais por algumas horas :) haha
    Beijão, Unsaid Things

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero ver se experimento isso que tu faz algum dia, Dinha! Mas é difícil, viu? Não só porque a internet é viciante, mas também porque tudo quanto é trabalho hoje em dia exige o uso do computador, aí já viu.

      :*

      Excluir
  7. Meu vício por redes sociais me assusta às vezes. Chego a ficar triste se não entro em pelo menos uma das minhas contas no dia. Mas a internet me trouxe pessoas muito querias e especias. E sou eternamente grata a existência dessa coisa linda =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje eu não chego a ficar triste, hahaha, mas me sinto meio mal por não conseguir olhar meus e-mails! Vai que chegou alguma coisa super urgente e eu não tenho como responder?

      Acho que boa parte das pessoas incríveis que já conheci apareceram na minha vida através da internet, viu. <3

      :*

      Excluir
  8. Viciada em internet... Quem nunca? Nada melhor que um dia chuvoso lendo fics. Nada melhor que ficar em casa no bate papo.
    É claro que isso tem que ser usado de uma menira saudável, afinal vício só é bom quando temos o controle. E Internet, sua linda, você já me tirou do tédio por muito tempo. Muito bom hahaha.
    Chocolate quente, domingo chuvoso, internet, leitura, bate papo... Quero muito!!

    Sou nova (uma nenis :3) no mundo das blogueiras, meninas, pra quem quiser visitar... http://500cliques.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Nathália, nem me fala! Hoje mesmo eu tava aqui assistindo seriado, checando minhas redes sociais de quando em quando, enrolada num cobertor e tomando café. Coisa mais linda. <3

      :*

      Excluir
  9. Acho que somou uma geração que "vive" nesse meio, né?
    E acho primordial saber usar das redes sociais, adaptando esse mundo à nossa vida real.
    Também já fui da onda dos bate papos da Uol, ICQ era um vicio. Hoje isso de bater papo já não é muito a minha praia.

    Mas, nós, blogueiras, somos antenadas né?

    Adorei o post Mylla!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Confesso que hoje em dia não tenho lá muita paciência pra ficar em chats por muito tempo não, Nat. Pelo menos não se comparado a outros tempos, em que ia dormir quase altas horas da madrugada e tal. Hahaha. Acho que tô ficando velha. :P

      :*

      Excluir
  10. Apesar de não ter conhecido você em uma rede social e sim através de outra pessoa... foi devido a um caso desses que nos conhecemos.

    Então quero te dizer que lhe considero uma das minhas melhores amigas se não a melhor, agradeço pelos nossos caminhos terem se cruzado, você é uma grande amiga e que quero conservar por muito tempo...

    Acho que fazia um bom tempo que não me dava tão bem com uma pessoa como me dou contigo.

    Atualmente vai ser meio complicado devido a outras coisas que você sabe muito bem... mas sempre que puder pretendo te visitar.

    Mylla tu és uma das poucas pessoas que posso chamar de amiga...

    Bjs

    Leo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Leozinho, morri de amores quando abri meu e-mail hoje cedo e vi o teu comentário! Até li em voz alta pro menino Henrique, hahaha. <3

      Com certeza tu é um dos grandes exemplos do que a internet pode trazer de bom pra nossa vida. Também te considero um dos meus melhores amigos e morro de saudades de tia, seu lindo. :~

      Vem me visitar logo! Ou melhor, se muda pra cá de uma vez. :P

      :*

      Excluir
  11. Acho que todo mundo já se viciou algum dia em redes sociais, isso é uma coisa que todos já experimentamos. Bom, comecei tarde (lá por 15 anos) a me viciar, na época em que tu precisavas de um convite para ter acesso ao Orkut. Depois passei por MySpace, Twitter, Flickr, Tumblr e finalmente cheguei no facebook. Ah, não posso esquecer do Youtube! Bom, hoje mantenho conta no canal de vídeos, no facebook e no twitter. Já exclui meu Tumblr (nunca entendi direito pra que ele serve!) e no meu MySpace. Meu twitter está bem desativado sabe, mas atualizo aqui e ali, alguma vez por mês, haha. Orkut nem existe mais para mim. Sou ainda viciado no facebook (mas odeio convites de jogos e MeuAniversário!) e no meu blog que gerencio. Acho que foi através das redes sociais que fiz a grande parte dos meus amigos, elas ajudam muito quando tu é tímido!
    Beijos!

    vivendoumromance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha conta no Orkut é do tempo do convite! HAHAHA. E é só por causa disso que eu morro de pena de deletar, apesar de nem entrar mais lá.

      E bá, tinha esquecido completamente do MySpace. Cheguei a usar quando tinha uns 16 anos. Era massa que servia basicamente pra stalkear artistas e tentar a sorte deles responderem alguma mensagenem, HAUHAUHUAHA.

      Não tenho muita paciência pro Tumblr porque ele não carrega muito bem no meu note. O que é uma pena, porque adoro o conteúdo das pessoas que sigo por lá. :(

      Excluir
  12. e flor internet vicia mesmo ,antes eu nem ligava para net agora até blog eu tenho rsrsr .pra vc ver como são as coisas ,mas as vezes e bom e ruim né ficamos aqui na net e nem vemos a hora passar rsrs ,eu sou uma dessas,rsrsr beijos linda adorei seu blog.sucesso sempre
    http://cfmile.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Célia, eu gasto um tempão na internet e quando vou ver, o dia já passou! Às vezes isso é bom, mas quase nunca é. :~

      Excluir
  13. Eu sou viciada também, tanto que escolhi Comunicação Social e trabalho com redes sociais *---*

    Seguindo você!!

    Flor, tem post novinho no blog e na lateral da página tem o link do sorteio para concorrer a uma blusa do Rolling Stones, participa la :) http://sem-script.blogspot.com.br/2013/03/pura-tendencia-t-shirts.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tô pensando em fazer Jornalismo mais ou menos por causa dissi também, Drika. Pensei até em fazer mestrado na área pra falar sobre blogs, vamos ver se a idéia sai do papel. :)

      :*

      Excluir
  14. Oi Mylla!

    Eu tenho um moooonte de redes sociais, mas não tenho tempo para a maioria delas! hahahahaha
    Sei lá, a gente vai criando, criando, criando e quando vê já tem aquele monte. A minha rede social favorita continua sendo o blogger (apesar de não ter mais o tempo de antes pra blogar - lê-se faculdade, rs), mas as outras me divertem também.
    Conheci muita gente bacana pela internet, mas ainda não tive oportunidade de conhecer alguém que mora "sei lá, em Nárnia". Vontade não me falta, tem muita gente interessante espalhada por aí.

    Achei seu blog uma gracinha. *-*

    Beijocas!

    Ismália .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é isso! Tinha uma época que eu criava tudo que é rede social que me aparecia pela frente. Foi assim que eu criei o Facebook zilhões de anos antes de começar a usar de fato, hahaha.

      Ah, obrigada e volte sempre, querida! <3

      :*

      Excluir
  15. Oi Mylla! Também sou um viciado em redes sociais, desde o auge do msn e orkut, dava a vida por isso. Fui um dos primeiros a usar Facebook no Brasil, na época não tinha a versão em português ainda, depois Twitter, o já quase extinto Myspace, e Google + e Linkedin. Ao meu ver as redes sociais me ajudaram muito, sou tímido, e acho que não teria superado isso se não fosse a internet e as redes sociais. Conheci pessoas pela internet, que nunca vi em minha vida, e já perdi o contato também, de modo que as amizades não se misturaram off com on. Hoje já formado (em Contabilidade) e portanto já crescidinho, curto mais o Linkedin que é voltado para profissionais mesmo, e com isso posso dizer que as redes sociais continuam me ajudando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sabe que eu não uso o Facebook em português até hoje? Só no celular que já veio em português mesmo, mas acho até estranho. XD

      Nunca usei o Linkedin! Como é? :)

      :*

      Excluir