Sobre o Visa Travel Money

19 julho 2013


Uma das coisas mais chatas na hora de planejar uma viagem é, sem dúvidas, mexer com dinheiro. É uma tal de cotação daqui, casa de câmbio dali, contas, cartões, transferências, extratos, conversões... Sério, só de pensar nisso tudo já fico com preguiça e um pouquinho de raiva, porque se perde muito tempo e dinheiro durante o processo. Classe média sofre total da minha parte, eu sei.

Bem, o caso é que anteontem saí mais cedo de casa e passei no banco para pegar o Visa Travel Money. Para quem não conhece, explico: o Visa é um cartão pré-pago para uso exclusivo no exterior. Você carrega o cartão na moeda do país para o qual vai viajar e pode usá-lo em qualquer lugar que tenha a bandeira Visa. Caso seja necessário, é possível recarregá-lo tanto de dentro quanto de fora do Brasil.

No Banco do Brasil, que foi onde eu peguei o meu, eles só trabalham com o Travel Money em dólar e em euro. Ou seja, se você for viajar para a Inglaterra e quiser um cartão do BB, vai ter que escolher uma das duas moedas e rezar para não perder muito dinheiro na hora da conversão. Quase impossível quando a libra está na jogada, né? Mas tudo bem. Hahaha.

O lado bom de pegar o cartão no Banco do Brasil é toda a assistência que eles oferecem. Sério, o moço que me atendeu fui super prestativo e explicou todos os detalhes do funcionamento do Visa! Exatamente o contrário da atendente da CI, que praticamente jogou o cartão no meu colo e disse para eu resolver tudo por telefone. Saí da agência mais confusa do que entrei!

Minha dica, portanto, é a seguinte: pesquise com o máximo de antecedência quais são os locais da sua cidade que oferecem o Travel Money, tire todas as suas dúvidas com os atendentes desses lugares e não deixe de ler o panfleto que vem com o cartão quando finalmente optar por adquiri-lo. Mesmo com todos esses pormenores, o Visa é uma ótima opção para quem vai viajar.

14 comentários

  1. Adorei o post, e esse cartão é realmente salvador de vidas, haha, toda vez de que vou viajar não me falta! Mylla você vai fazer vlog quando estiver lá? Adoraria ver!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que vou gravar alguns vídeos sim! Só não sei bem onde e quando vou publicar, HUAHUAHUAHA. XD

      :*

      Excluir
  2. Valeu a dica, Mylla! :)
    E sobre o comentário de cima, faz um vlog, fazzz!
    Beijão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, de nada! E vou ver se gravo alguma coisa sim. :)

      Excluir
  3. Mila, qualquer coisa entra no site da http://www.confidencecambio.com.br/ e faz o da Libra. Eu super recomendo, não demora um dia para entrar o dinheiro no cartão, colocou, entrou. =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu dinheiro já tá todo no VTM e agora só sai de lá pras compras mesmo! HAHAHA.

      Excluir
  4. Mylla, pra fazer o VTM precisa ter conta no banco em questão? Aí faz só a transferência mesmo? A taxa de câmbio é realmente mais em conta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não sei, Dressa! Tenho conta no BB e não cheguei a pesquisar em outros bancos. Mas acho que é melhor assim, viu? Tu vai resolver tudo beeem mais rápido no teu próprio banco. :)

      E a taxa de câmbio não é em conta em lugar algum, viu. HAHAUHAHUA. Mas enfim, ela varia todos os dias. O negócio é torcer pra libra perder o fôlego mesmo.

      :*

      Excluir
  5. Eu sempre fiquei me perguntando sobre esse negócio de cartões pra quem vai viajar pro exterior, não sabia da existência desse cartão! :P
    Vou torcer pra você ter sorte com a taxa de câmbio hahaha :)
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas coisas são suuuper chatas, Juliana! HUAHUAHUAHA. E sim, vamos todos orar pras Elizabeths baixarem a bola. XD

      Excluir
  6. Eu, particularmente, não gosto muito do cartão por um simples motivo: Você não vê o dinheiro indo embora! (se bem que isso acontece com todo o tipo de cartão haha). Principalmente nos primeiros dias, que você não tem muita noção da conversão, vc vê as coisas por pouquíssimos dólares/euros/libras e já fica pensando "nossa que barato" e compra por impulso de ver algo tão "barato" daí só depois de um tempo você se toca que com a conversão fica com um preço não tão legal assim... Haha! Uma dica se controlar bastante na primeira metade da viagem (porque todo turista compra a mesma coisa, e por isso você vai achar essa mesma coisa em MUITOS lugares e sempre as primeiras vezes que você vê tal coisa é no lugar mais caro...) alem de é claro fazer uma lista do que você quer comprar/visitar/comer (para diminuir essa "compra por impulso"... =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha, minha idéia é começar a viagem usando o dinheiro que vou levar em espécie pra tentar justamente preservar o cartão, Laura. Além disso, quase chorei na hora de trocar meu dinheiro, HAHAHA, acho já vai me fazer pensar mil vezes antes de gastar com qualquer coisa. :)

      Beijo!

      Excluir
  7. Mylla, Comprei o travel Money assim como você comprei no BB, comprei euro e estou indo para bristol, 180km de Londres. Você teve alguma dificuldade em ficar sacando e convertendo para libras?
    Beijão
    o seu Post me deixou um pouco mais tranquilo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Guilherme! Desculpa pela demora a te responder. Não tive problemas pra sacar em libra e nem passando o cartão em compras dentro do Reino Unido. Vai na fé! :)

      Excluir