Morando em Londres: a experiência da Natasha #1

08 agosto 2013


Ao longo desses dois anos de blog nós tivemos a oportunidade de saber mais sobre as experiências de viajantes e intercambistas que visitaram os mais diversos países. Porém, ninguém nunca nos contou como é viver na boa e velha capital inglesa por um período maior. De que forma um estrangeiro pode trabalhar por lá? Quais são os lugares favoritos dos londrinos? Como ficam as saudades do Brasil?

Para tentar sanar essas e outras dúvidas é que conversei com a queridíssima Natasha Brotto, dona de um dos melhores blogs para quem quer saber mais sobre a nossa querida cidade: o Pra Ver em Londres. Natasha morou alguns meses por lá com o marido e até hoje - três anos mais tarde! - eles alimentam o blog com histórias e novidades de lá. Muito amor.

Como a ocasião é especial, a estrutura dessa entrevista está um pouco diferente das que costumo publicar. Tive de fazer umas adaptações e também acrescentei algumas perguntas novas. Para não deixar ninguém cansado, dividi todo esse conteúdo em duas postagens. Não deixem de voltar aqui nos próximos dias para ler a segunda parte, combinado?

Então vamos lá!


Por que Londres?

Eu tinha mais ou menos uns 15 anos quando comecei a sonhar com Londres... Nas aulas de história, me impressionava o poder dos londoners de se erguerem de grandes crises e fazerem uma cidade melhor (vide o grande incêndio de 1666). Nos filmes, a beleza dos parques e dos cartões postais me encantava. Nos livros, o jeito de ser dos britânicos me cativava. Eu precisava viver aquilo tudo. Ver de perto tudo o que chamava tanto minha atenção. Meu presente de 18 anos foi a realização desse sonho. Passei três meses estudando inglês na terrinha amada. E, na volta, passei três meses chorando porque queria estar lá. Vi que tudo o que me encantava de longe era ainda mais lindo de perto. E comecei, então, a sonhar em passar mais tempo na cidade. Foi quando o João, marido e parceiro de viagens, entrou na jogada. Apaixonado desde sempre pela Itália, fiz ele sonhar com Londres comigo. E começamos a planejar, então, a nossa viagem, que aconteceu em 15 de abril de 2010. Passamos seis meses morando lá e foi quando nasceu nosso filho, o blog Pra ver em Londres, que mantemos com muito amor até hoje.


Como foi o processo de mudança para a cidade?

Fomos com visto de estudante e contamos com o apoio da agência UKstudy, que é sensacional - ajuda em tudo, sem cobrar taxas extras dos estudantes - e da qual hoje somos representantes. Então não teve erro. Foi tudo tranquilo. Até porque não era uma mudança definitiva, né? Mas minhas dicas para quem quer ir para ficar mais tempo são: pesquise bastante, leia relatos de quem mora na cidade faz tempo, não tenha preguiça de fuçar e, principalmente, não tenha medo de passar perrengue. Isso é normal. Acontece. Mas faz tudo valer a pena. Você vai crescer com isso.


E a adaptação, como foi?

Foi bem tranquila. Acho que facilitou muito o fato de estarmos juntos. Apenas para ilustrar, trabalhei na Disney em 2006 e fui sozinha. A adaptação tinha sido bem mais difícil. Chorei muito nos primeiros dias, me sentindo sozinha. Em Londres, em 2010, isso não aconteceu. Sempre que surgia uma dificuldadezinha um contava com a ajuda do outro para lidar com o problema e logo as coisas se resolviam. Por isso que sugiro que caso você viaje sozinho busque logo fazer amizades, relacionar-se com bastante gente, pois a solidão pode ser o maior problema na adaptação em um país diferente.


Como foi lidar com o inglês?

O maior problema do inglês na Inglaterra é o que faz dele tão bonito: o sotaque. É que a gente tinha estudado a vida inteira em escolas de inglês americano, e aí não tem como não sentir a diferença na pronúncia quando se chega em Londres. Mas aos poucos você se acostuma e fica mais fácil entender o que eles querem dizer. Já assumir o british accent é uma tarefa mais difícil. Parece sempre que a gente tá forçando. Haha.

12 comentários

  1. Que sortuda ela ir pra Londres né? :)
    Bom se eu fosse um dia assim, fazer intercambio, teria medo de ir sozinha rs e eu acho o inglês britânico mais suave e bonito!!

    Chá de Calmila
    FAN PAGE

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que eu teria medo também, Camila. Descobri durante minha viagem que sou meio dependente. :~

      E puxa, acho o sotaque britânico tudo, menos suave. :P HAHAHA.

      :*

      Excluir
  2. Não conhecia a história dela, quero ver logo a segunda parte. Estar acompanhado num outro país deve ser melhor do que estar sozinho realmente.

    "Uma adolescente indiana e suas descobertas sobre o amor e a vida. Sensual, envolvente, Babyji é irresistível". Sorteio do livro "Babyji" no blog: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
  3. Ohn, querida, adorei o primeiro post e adorei aparecer aqui no seu blog. Admiro muito o caminho que você percorreu até realizar seu sonho e tô adorando ver você felizona curtindo nossa lovely London. :)
    Tomara que minha história inspire seus leitores a nunca desistirem dos seus sonhos. Eles nos movem! ;)
    Beijo grande,
    Nah.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Natasha, tu é uma linda! E eu tenho certeza que a tua história inspira muita gente sim, tanto aqui quanto no teu blog. <3

      :*

      Excluir
  4. É incrível como um london lover consegue contagiar outras pessoas haha Sou assim também e meu amigo já disse que iremos morar juntos <3 Não tenho medo de ir sozinha, na verdade, essa sempre foi minha vontade. Preciso dessa experiência, sabe? E quero viver isso apenas para mim, pelo menos por um tempo. Muito bom saber de pessoas que vivem/viveram lá, pois nos mostra que não é todo aquele terror que as pessoas pensam. Será que rola uma entrevista com gente que foi pra lá e não voltará? hehe Amaria demais ;) (sugestão para um post, Mylla! hehe)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn, que amor tu e o teu amigo! <3 E te admiro pela coragem de querer ir morar sozinha fora. Não sei se eu me daria tão bem, infelizmente. :~

      Vou ver se caço alguém que mora em Londres! :P

      Excluir
  5. oown amei , meu sonho é melhor em London *u*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E quando esse sonho vai se realizar? :)

      Excluir
  6. Adorei este post. Não sabia muita informação sobre a rainha! Gostei muito do teu blog. Tal como tu parti a aventura e estou a viver em NY.

    Beijnho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que lindo! NY é um dos meus próximos destinos, com certeza. :)

      Excluir