Piccadilly Circus, Green Park, Buckingham, Big Ben e London Eye

24 janeiro 2014


Acordamos cedinho, nos aprontamos e seguimos em direção ao metrô para a nossa primeiríssima viagem subterrânea em Londres. Nosso destino era Piccadilly Circus e nossa parada era na estação de mesmo nome. Acho que foi no instante em que subi as escadarias do metrô que a cidade da minha imaginação se encontrou pela primeira vez com a cidade real.

Durante o dia Piccadilly Circus não é tão impressionante quanto à noite. Os famosos letreiros não chamam tanto a atenção, o que faz com os prédios antigos sejam os protagonistas quando há claridade. Mas a quantidade de pessoas circulando por ali é realmente expressiva, ainda mais pra gente como eu, que mora em cidade de porte médio e não costuma circular tanto assim pelo centro.


Depois de vasculharmos um pouco a área e tirarmos algumas fotos, perguntamos a um grupo de policiais se sabiam nos indicar o caminho mais curto até o Palácio de Buckingham. Muito gentis, ele nos orientaram a seguir pela Picadilly Avenue até o Green Park. Acontece que o Green Park é uma atração turística por si só, então gastamos um bom tempo nele tentando tirar foto dos esquilos! Hahaha.


Quando estávamos nos aproximando da saída do parque, avistamos uma aglomeração de gente e aí tivemos a certeza de que estávamos chegando em Buckingham. Nossa intenção por ali era só dar uma olhada na fachada do prédio e tirar umas fotos, mas acabamos pegando a troca de guarda também. Quer dizer, Carol pegou. Eu sou baixinha e praticamente só vi os chapéus dos guardas. Mimimi.



Seguimos pela The Mall – aquela rua ladeada por várias bandeiras do Reino Unido, sabem? -, entramos na Horse Guards Road, passamos por dentro do Museu da Cavalaria e fomos parar em Whitehall. Ao longo do caminho, várias referências às duas guerras mundiais. Até hoje meu lado historiadora não sabe se acha isso bom ou ruim, mas não pode deixar de reconhecer que algumas dessas referências são realmente bonitas.



Só que nada do que eu tinha visto até então me preparou para o que veio a seguir. Quando fomos virar a esquina, lá estava o Big Ben! Muito menor do que eu imaginei ao longo de todos esses anos e definitivamente muito mais bonito. É sério, gente, poucas fotos dele realmente fazem justiça. Ele é todo trabalhadinho e é realmente difícil desgrudar os olhos dele. Demoramos um bocado pra sair dali e ir adiante.

A primeira foto que tirei do Big Ben. :)


Meu próximo choque foi dar de cara com a London Eye do outro lado do Tâmisa! Hahaha. Eu sou uma verdadeira negação em calcular distâncias, viu. Mas lá estava ela, linda e gigantesca. Obviamente, gastamos mais um bom tempo tirando fotos até resolvermos sair do lugar. Seguimos pela Westminster Bridge e tiramos milhões de fotos enquanto atravessávamos a bendita. Ah, e encontramos um escocês no meio do caminho!

Impossível saber o que é mais redonda, se a minha cara ou a London Eye.


Morrendo de vontade de conhecer a Escócia, SOS.


Do outro lado da ponte... Mais fotos. Só que aí já estávamos esfomeadas e logo fomos procurar um lugar pra almoçar. O escolhido, obviamente, foi o primeiro McDonald’s que encontramos. Mas juro pra vocês que fiz algumas refeições decentes ao longo da viagem, só não queria me preocupar com isso no momento por motivos de Big Ben e London Eye.


Foto digna de Tumblr, sim ou sim?


Quando saímos do McDonald’s tivemos uma bela surpresa: o tempo tinha mudado completamente! Como nosso próximo destino era a Abadia de Westminster e pra chegar lá nós precisávamos atravessar a ponte de volta, foi realmente legal ver e fotografar tudo de novo sob a luz do sol. Na próxima postagem vocês vão ver como o restante do nosso dia ficou parecendo um dia completamente diferente.

8 comentários

  1. Juro, antes de ler a legenda da segunda foto do Big Ben, eu pensei assim: "Essa foto ficou a cara daquelas fotos do We <3 it!". HUHAUAHUAHAHAHA
    Sinto que estou viajando com as suas postagens. E sinto que quero fazer um roteiro muito parecido com o seu. :)
    Adorei as fotos também, a do esquilo é uma fofura só. Aliás, já te disse que eu curto muito as suas fotos? Qual é a sua câmera? Depois que comecei a namorar com um fotógrafo, aprimorei bastante o meu gosto por fotografias. ^^
    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAHA, créditos pra Carol que mandou muito bem na foto! XD

      Mas boa parte delas foi tirada com a minha câmera sim. É uma Panasonic FZ-35, mas acho que nem tem mais pra vender. :(

      Excluir
    2. Ah, sim. A do meu namorado é uma Nikon D80. Eu não mexer em praticamente nada, mas às vezes ele tem paciência de me ensinar umas coisinhas.

      Agora para me ensinar a mexer com o photoshop ele até que tem mais paciência, porque eu acabo o ajudando a editar algumas fotos para os álbuns que ele faz. :D

      Excluir
    3. A dele é profissional, né? A minha é uma humilde superzoom, haha. Mas quero juntar grana pra comprar uma profissional, só não sei qual ainda.

      Excluir
  2. Tudo lindo demais *-* , também quero muito a Escócia <3
    Gostei muitos das fotos mesmo com o céu nublado, mas ficou legal o contraste ^^ , li dois livros em que a história se passa em Londres e sempre lembro de ti \o\
    bjos

    www.moniitorando.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos pra Escócia? <3

      Quais livros tu leu, Mônica? Quero títulos! Hahaha. :D

      Excluir
  3. Tá tudo tão lindo... *-*. Como não amar Londres, gente! Hehehehehe
    Você pegou muita chuva por lá, Mylla? Porque nas primeiras fotos deu para perceber que o céu londrino é realmente nublado :( Estou adorando seu roteiro... Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta: não tem como não amar. <3 <3 <3

      Então, chuva forte mesmo só uma ou duas vezes. Normalmente o dia amanhecia nublado, chuviscava um pouquinho e aí abria um puta sol. Bem louco. XD

      Excluir