A National Portrait Gallery e a London Eye (de novo!)

15 agosto 2014


Tem uma coisa muito feia que vocês precisam saber sobre mim. Apesar de eu ser formada em História e ter feito duas cadeiras de Patrimônio Cultural durante o curso, sou tipo o Barney e a Robin de How I Met Your Mother e não sei me comportar em museus. Se eu avistar uma escultura ou um móvel legal, não vou hesitar em transgredir cordões de segurança e encostar na peça.

Em Londres não foi diferente. Não cheguei a encostar em peças, mas tirei uma ou outra foto em lugares proibidos. A National Portrait Gallery, por exemplo, foi um deles. Por se tratar de um museu cujo acervo é composto quase que inteiramente por pinturas, é compreensível que eles não permitam fotografias e pronto. Mas não deu, eu simplesmente não consegui resistir quando vi uma escultura maravilhosa da Rainha Victoria e do Príncipe Albert.

A foto proibida. Juro que não sei flash nem nada.


Mas antes disso, eu pirei mesmo é com os quadros. A National Portrait Gallery guarda boa parte dos retratos famosos das famílias reais da Inglaterra, desde os Tudor e os Stuart até os Windsor. Sabem aquele retrato da Kate Middleton que saiu há uns dois anos e foi altamente criticado por ter envelhecido a coitada? Pois é, é lá que ele está. E sim, ele é feio mesmo.

Outro destaque da National Portrait Gallery é a lojinha de presentes. Sério! Achava que não encontraria nada de especial por lá, mas saí com uma caneca super fofa, um ímã com uma citação da Rainha Elizabeth I e uma réplica do famoso colar da mãe dela, Ana Bolena. Mais adiante, tem foto minha usando o colar e tudo mais.




Depois explorarmos a National Portrait Gallery inteira (vitória!), caímos outra vez na Trafalgar Square (já falei sobre nossa primeira visita a ela aqui no blog) e aproveitamos para tirar umas fotos por ali. Como o dia estava bonito, decidimos ir até a London Eye e fazer o nosso tão esperado passeio. Quando passamos pelo Big Ben, o céu estava azul, como vocês podem ver. Depois que entramos na fila da London Eye, o tempo começou a mudar, mas não desistimos da nossa volta mesmo assim.










Uma volta na London Eye dura cerca de meia hora, ou seja, tempo o suficiente para ver tudo o que tem para ser visto e enjoar. A vista lá de cima é bem bonita, mas não bate a do topo da St. Paul’s Cathedral de jeito nenhum. Se eu tivesse que escolher entre as duas, não pensaria duas vezes e subiria as escadas estreitas da St. Paul outra vez!





Eis o colar.


Depois da nossa volta, aproveitamos o restinho da tarde por ali. Tiramos mais algumas fotos com o Big Ben ao fundo, descansamos um pouco, encontramos uma loja gigantesca de souvenires e, por fim, voltamos para o hostel. Na minha próxima ida a Londres, quero visitar essa região durante a noite. Deve ser ainda mais fantástico, viu? Saudades, Londres. Saudades.

4 comentários

  1. Adoreeeeeii *-* Conheci seu Blog através do Blogroll da Julie de Batom! Estou amando os posts,beijinhos de cherry ♥
    http://psiucherry.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. cada vez mais encantada!!! Tenho um milhão de dúvidas...e a ansiedade me consome!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se eu puder ajudar em relação às dúvidas, é só me avisar! :)

      Excluir