Como planejar um intercâmbio: escolhendo o destino

18 setembro 2014


Escolher o destino para onde viajar é uma das etapas primárias no planejamento do intercâmbio e também uma das mais difíceis. Como escolher um país que preencha todos os seus requisitos e ainda caiba no seu orçamento? Pesquisa e muita paciência são as únicas soluções. Para ajudar um pouco nessa empreitada, reunimos alguns aspectos que devem ser levados em consideração.

Língua

Você precisa saber que língua quer aprender. Isso já dá uma boa afunilada no seu mapa. Caso você vá para um intercâmbio universitário, onde o aprendizado da língua não é o foco, fique com a opção em que você já sabia se comunicar melhor. Lembre-se que países de mesma língua têm sotaques diferentes, então procure assistir filmes e vídeos no Youtube com pessoas de vários partes do mundo para ver se você irá conseguir compreender o que eles estão falando.

Cultura

Quando você já tiver diminuído o número de lugares entre os quais você está em dúvida, pesquise sobre a cultura de cada um. Hábitos, religião, costumes regionais, comidas típicas, música, tudo isso lhe contará um pouco mais sobre o local e o povo que mora lá. Perceba se há algum tipo de identificação e se não será um problema muito grande para você se adaptar ao país, ainda mais se for por um longo período de tempo.

Clima

Existem países que tem climas extremos: muito frios ou muito quentes. O que, para pessoas acostumadas ao clima tropical/temperado do Brasil, pode ser um choque grande. Pesquise as médias de temperatura dos locais para a época do ano em que você planeja o seu intercâmbio e pense se o seu corpo irá aguentar a mudança.

Custo de Vida

O fator definitivo para a escolha do lugar é o quanto você pode pagar. Não adianta nada você amar Londres, se identificar, adorar o clima e não considerar que essa é uma das cidades mais caras do mundo e que é um gasto enorme ficar lá. Faça um orçamento, fale com um agência, pesquise o custo de vida e tenha consciência de quanto dinheiro você tem para gastar com o intercâmbio, porque passar necessidade em outro país é tenso.

E você, já escolheu o destino do seu próximo intercâmbio?

Outros posts: Introdução | Intercâmbio Universitário | Finanças | Acomodação | Organizando a Bagagem

4 comentários

  1. Eu escolhi a Austrália, mas só estou em dúvida para qual cidade de lá eu vou. hahaha Muito bom o post! Beijos

    http://bbyme.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna, a Austrália deve ser muito maneira, também morro de vontade de conhecer. Conta pra gente quando for pra lá!
      Beijos!

      Excluir
  2. Olá... Amei o blog! Também vou fazer intercâmbio e escolhi a Inglaterra, porém tenho diversas dúvidas sobre qual cidade escolher. Pensei em Bristol, Bath e Torquay, cidades menores. Mas não queria muito longe de Londres. Tenho grande dificuldades com o Inglês, e optei por cidades menores para ter melhor imersão na língua inglesa (menor índice de brasileiros). Alguém já foi para essas cidades? Qual agência vocês indicam? Já olhei a Experimento, STB, Birds, CI, IE, EF... são tantas... Qual é a média de gasto mensal em libras? Quero visitar tudo isso! Pretendo ficar 3 meses, dá para aprender mesmo? (Quem não sabe nada). Tenho 22 anos, e pensei em ficar numa host family para aprimorar o inglês, mas ao mesmo tempo quero um pouco de liberdade... Oh.. Quanta Dúvida! Me ajude!!!

    e-mail: alinesxf_@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, bom saber que você gostou do blog! A cidade menor pode ser uma boa escolha pensando na questão financeira. Não conheço ninguém que tenha ido para estas cidades, mas acredito que sejam ótimas, já ouvi falar muito bem de Bath.
      A agência que eu usei para fazer o meu intercâmbio foi a CI, eles foram muito prestativos, minha prima foi com a STB e gostou bastante. É questão de gosto pessoal. Faça vários orçamentos e entrevistas e escolha a que você gostar mais.
      Como só ficamos vinte e poucos dias não tenho muita noção de gasto mensal em Libras. Depende MUITO de que cidade você vai ficar, pesquise o custo de vida(alimentação/transporte/hospedagem) da cidade que você está interessada e nivele por cima, por que é melhor sobrar dinheiro do que faltar e você acabar passando necessidade.
      Olha, em 3 meses dá para APRIMORAR o inglês com a base que você já tem, mas aprender do zero não. Recomendo que você estude aqui no Brasil primeiro e depois faça o intercâmbio para ganhar fluência, ou vai ser bem difícil a comunicação.
      Eu fiquei em casa de família nos EUA e adorei, ajuda bastante a praticar o inglês, e tive bastante liberdade. Mas, é claro, isso depende muito da família.
      Espero que tenha te ajudado!

      Excluir