Como planejar um Intercâmbio: Acomodação

04 setembro 2014


Continuando a nossa série de posts sobre planejamento de intercâmbio, vamos falar sobre quais tipos de acomodação existem e como saber qual é a melhor opção para você. Caso queira ler os posts anteriores, vou deixá-los no final.

O tipo de local que você pode escolher está diretamente relacionado ao tipo de intercâmbio que você irá realizar e o destino escolhido. Cada tipo tem um valor diferente, regras de convivência específicas e oportunidades de trabalhar na fluência do idioma local.

Casa de Família

Casa de família é o tipo de estadia mais popular em intercâmbios para cursos de línguas e high school. Nesta opção, a agência escolhe uma família que esteja cadastrada com a escola onde você irá fazer o seu curso. São vários tipos de unidades familiares e é possível que a agência pergunte coisas para você, como hábitos alimentares, alergias e religião, para que a família selecionada tenha mais a ver com você.

Este tipo de estadia geralmente oferece café da manhã e jantar de segunda a sexta-feira, sendo que almoços e refeições no finais de semana ficam por sua conta. É possível que você tenha que dividir quarto com algum outro estudante estrangeiro, mas geralmente os quartos são particulares. Todas as outras partes da casa são dividas com os membros da família e, se for o caso, outros estudantes. Cada família tem as próprias regras de limpeza, uso da cozinha, lavanderia e horários, e vão esperar que você respeite elas.

Esta é uma das melhores opções para quem quer treinar a língua e aprender mais sobre os hábitos e a cultura local. Pode haver conflitos com algum membro da família. Caso aconteça, você pode pedir para a escola para trocar de família. Esta opção é um pouco mais cara que o alojamento estudantil.

Alojamento Estudantil

O alojamento é, geralmente, um prédio com apartamentos e/ou quartos ligado à escola, onde os estudantes podem ficar. As refeições não estão inclusas, mas é um pouco mais barato do que ficar em casa de família e geralmente está localizado em uma área mais central ou próxima da escola.

Esta opção é uma boa se você quiser conhecer gente de tudo que é lugar do mundo e todo o tipo de cultura, mas se prepare para falar bastante português, porque muitos estudantes brasileiros escolhem este tipo de estadia.

Dormitório

Para intercâmbios universitários, os dormitórios são a opção mais comum e barata, principalmente se tratando de Estados Unidos. Dormitórios são prédios de quartos individuais e coletivos que ficam dentro dos campi universitários. Normalmente, eles são equipados com cama, roupeiro e escrivaninha. Os banheiros são coletivos.

Se escolher esta opção de moradia, você irá conviver tanto com estudantes locais quando com outros intercambistas, o que proporciona a chance de conhecer muitas culturas diferentes e também de praticar a língua local. Esta opção é mais em conta do que um apartamento, mas a privacidade também diminui bastante. Fique atento às regras de silêncio e de convivência com colegas de quarto.

Apartamento Estudantil

Apartamentos estudantis funcionam em acordo com as universidades, podem ser dentro ou fora do campus e são mais equipados. Vale a pena se você prefere ter um pouco mais de privacidade ou se não curte a comida da faculdade. O convívio vai ser mais restrito, mas você provavelmente vai ter mais silêncio e tranquilidade para estudar do que em um dormitório.

Se essa for a sua escolha, procure se informar sobre as regras de uso dos apartamentos e também estabeleça regras com os seus colegas para que não vire uma bagunça.

Apartamento Alugado

Esta é a opção mais comum para intercambistas que vão para a Europa, pelo menos entre os que eu conheci. Lá, os dormitórios não são tão comuns e amigos ou estudantes se juntam para alugar apartamentos, tipo uma república estudantil. Esta opção pode sair meio cara, dependendo do local do apartamento e também da qualidade do prédio.

Se esta for a sua opção, procure alugar com antecedência ainda no Brasil, para que não haja problemas com a imigração e também para que você não acabe sem ter onde ficar quando chegar no destino escolhido.

E aí, você tem alguma história maneira sobre algum lugar onde ficou em um intercâmbio? Conte para a gente!

Outros posts: Introdução | Intercâmbio Universitário | Finanças | Organizando a Bagagem | Escolhendo o Destino

0 comentários

Postar um comentário