A história do blog

20 outubro 2014


Nem parece, mas o blog completou três anos em julho. Desde então, muitas coisas aconteceram: falei sobre a organização da minha viagem a Londres, conquistei seguidores, dei algumas sumidas básicas e acabei voltando porque morria de saudades daqui. Como nem todo mundo me acompanha desde o início, decidi falar mais sobre essa jornada. Vamos lá?

Antes do blog

Criei meu primeiro blog em 2003, quando tinha 13 anos e o Weblogger fazia o maior sucesso. Obviamente, meus layouts eram todos cheios de frescuras, eu escrevia com um português sofrível e falava sobre os dramas da pré-adolescência. Entre indas e vindas, esse blog durou três anos. Ainda bem que ele sumiu do universo, viu?

Entre 2008 e 2010 eu criei pelo menos uns três blogs no Blogger, todos pessoais e com layouts bem mais decentes do que os que eu usava no primeiro. Só que nenhum deles acabou colando, sabem? Eu me empolgava na hora de criar e acabava me desanimando a postar, até porque a minha vida não é exatamente a coisa mais interessante do mundo.

A ideia

Minha vontade de conhecer Londres nasceu no comecinho de 2011, enquanto eu lia uma biografia de Freddie Mercury. De início, achava que a vontade ia passar e eu ia voltar à minha vida regular, sem grandes ambições. Só que ela não passou, então percebi que ia ter que fazer alguma coisa a respeito. Foi quando resolvi começar a guardar dinheiro para viajar.

O blog nasceu alguns dias depois de eu botar na cabeça que iria dar um jeito de botar os meus pés na Terra da Rainha. Sempre gostei de escrever e precisava de alguma coisa que me ajudasse a ter foco, então parecia a saída perfeita na minha cabeça. E não é que acabou dando certo? Consegui viajar e o blog é uma parte importante da minha vida até hoje!

O nome

Para ser sincera, fiquei com o primeiro nome que eu consegui registrar no Blogger. Se não tivesse sido esse, teria sido alguma outra coisa em inglês e, portanto, mais difícil de lembrar. Por isso, fico até feliz que minhas ideias não tenham funcionado. Se criasse outro blog hoje e tivesse que pensar em um nome, com certeza seria algo em português.

A trajetória até aqui

No começo, eu não sabia muito bem o que postar no blog. Achava que minha jornada ia render pouco assunto e não fiz um planejamento prévio, então era bem difícil. Com o tempo, fui pegando o jeito e ampliando o leque de conteúdos: comecei a postar entrevistas, dicas, guest posts e a realizar sorteios. Aos poucos, o blog começou a crescer.

Com o final da minha primeira faculdade e a chegada do TCC, passei um tempo afastada daqui para me dedicar totalmente à vida acadêmica. Depois que voltei de Londres, passei por um período meio turbulento na minha vida pessoal e, mais uma vez, deixei o blog de lado. Mesmo assim, nunca deixei de amar isso aqui e nunca pensei em desistir!

O presente

Voltei definitivamente com o blog em junho desse ano. Minhas duas grandes metas eram diversificar ainda mais o conteúdo e tentar alcançar certa regularidade nas postagens, o que acho que estou conseguindo cumprir aos poucos. Em julho, a Carol começou a postar também e a ideia é dar cada vez mais espaço para ela. O que vocês acham?

O futuro

Sem dúvidas, um dos meus grandes sonhos é poder viver do blog ou pelo menos complementar a minha renda com ele. Mas antes disso, tenho um bocado de coisas para fazer. Quero trocar o layout o mais rápido possível, aumentar o número de acessos e curtidas na fanpage, começar a fazer vídeos, montar um clipping, atualizar o media kit... Dá um cansaço só de pensar! Hahaha.

E então, vocês já conheciam a história do blog? Desde quando vocês são visitantes? Como foi que acabaram chegando aqui? Quero saber!



Este post faz parte da blogagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros saudosistas que resgata a velha e verdadeira paixão por manter seus diários virtuais. Quer participar? Então faça parte do nosso grupo no Facebook e inscreva-se no Rotation.

9 comentários

  1. Eu não conhecia a história do blog! E adoro saber um pouco mais sobre cada blogueira, porque afinal, esse é um espaço pela qual a gente se dedica com amor e carinho.
    Eu acompanho o hey london já faz uns 2 ou 3 anos, mas demorou bastante pra eu ter coragem de comentar por aqui rsrsrs
    Não sei como eu conheci, mas é provável que tenha sido por indicação de outro blog.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas se tu visita o blog há tantos anos, então acompanhou boa parte da história que eu contei! :D

      Fico muito feliz que tu tenha resolvido começar a comentar. Sério. <3

      Beijos!

      Excluir
  2. Eu acompanhava seu outro blog, que agora não recordo o nome. Achava mega fofo <3 Hey, London é um nome super genial e fico feliz de acompanhá-lo desde o início e vê-lo crescer. Na torcida para que seus planos deem certo =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Like Marie Antoinette! HUEHUEHUEHE

      Obrigada por me acompanhar desde sempre, sua linda. <3
      Um dos meus planos que não tem muito a ver com o blog é visitar o Rio, quero te ver! <3

      Excluir
  3. Acompanho o HeyLondon já tem um tempo, quando você ainda não conhecia Londres. E que delícia foi acompanhar tudo e como você fez disso um objetivo! E que legal ver o blog crescendo cada dia mais, Mylla!

    Beijos, Nat

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei! Hahaha. Nunca vou esquecer daquele e-mail gigantesco que tu me mandou dando conselhos e me pedindo pra aguentar firme e viajar. Foi uma das coisas mais fofas que aconteceram em todos esses anos de blog. <3

      Saudades de conversar mais contigo, Nat. :D

      Excluir
    2. Nossa, eu não lembro desse email! rsrss Mas, que bom que te ajudou e que você se lembra com carinho!

      Saudade também Mylla! Tô sempre te acompanhando por aqui, mesmo que não comente sempre! =D Acho que devo ficar mais frequente agora que tô tentando manter um ritmo no meu blog, e logo, na internet!

      Beijoos

      Excluir
  4. Eu conheço a história do blog, porque me orgulho de segui-lo desde o primeiro post! <3

    Sério, eu amo esse blog! É um dos poucos que sigo fielmente, acessando religiosamente todos os dias. Já deve ter comentado em 90% das postagens.

    Três anos atrás estava lendo seu diário de bordo em SP e agora vi seu objetivo se realizar e as postagens sobre Londres aparecerem. Isso me dá muito orgulho. Fora que volta e meia quando vejo algo fofo na web sobre Londres eu me lembro daqui. E sobre viagens!

    Parabéns, My, seu blog é muito amor e serve de inspiração para muitas pessoas, inclusive para mim. ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que esse foi um dos comentários mais queridos que eu recebi em todos esse tempo! Obrigada mesmo, Ju, adoro te ver por aqui! <3 <3 <3

      Excluir