Intercâmbio em Londres: a experiência da Camylla

28 novembro 2014


Os relatos das minhas andanças por Londres chegaram ao fim, mas isso não significa que vou parar de falar sobre a cidade. E para provar, resolvi trazer uma entrevista para vocês. Dessa vez falei com a Camylla Carvalho, que tem 23 anos, mora em Curitiba e estuda Música. Vocês podem entrar em contato com ela através do Twitter. Partiu?

Por que Londres?
Sempre quis fazer um intercâmbio. Originalmente, queria fazer um curso em um conservatório de Boston, mas não deu certo porque, mesmo para um mês, era caro demais. Então, comecei a ver para estudar inglês mesmo, afinal, amo a língua e queria muito fazer um intercâmbio. Foi pesquisando que me apaixonei por Londres. Fui em agências para ver preços para outros lugares, mas não teve jeito. Teve que ser Londres. Estava e ainda estou fascinada pela cidade, não tinha como escolher lugar melhor para ir.

Como foram os preparativos para o intercâmbio?
Depois de me decidir por Londres, vi preços nas agências e acabei escolhendo fazer por conta própria pela economia. Comprei a passagem meio em cima e depois disso foi só ansiedade. Pesquisava muito sobre a cidade, sobre quem já foi para lá fazer intercâmbio (viciei no Hey, London!), pesquisei sobre cada lugar que ia visitar e um mês antes já estava pensando na minha mala.

Como foi a sua vida de intercambista?
Foi ótima! Fiquei na casa de uma host family super legal. Adorei as aulas de inglês no curso (aprendi muito mesmo só em duas semanas) e visitei bastante a cidade. Não tenho partes desagradáveis para contar porque fiquei pouco tempo e, como tenho um nível legal em inglês, não passei muito sufoco. Só fiquei com medo mesmo na imigração, mas foi super tranquilo.

Como foi lidar com o inglês?
No geral, foi bem tranquilo. Faço curso de inglês há muito tempo e além disso, meu professor de inglês é de Londres, então me acostumei com o sotaque (maravilhoso, por sinal). O difícil, como meu professor me avisou, é que tem muita gente de fora morando em Londres. Então, os sotaques são super diferentes e alguns são um pouco mais difíceis de entender. Recomendo investir bastante no inglês antes de ir, pois dá mais segurança para falar. Afinal, tem que aproveitar, né?

Quais são os lugares imperdíveis a serem visitados em Londres?
Houses of Parliament (onde tem o Big Ben) é um dos lugares que vale o dinheiro para entrar porque é maravilhoso, pena que não pode tirar foto lá dentro. Outro é a Catedral de St. Paul (maravilhosa!) e todos os museus da cidade, como o Natural History Museum. Sem falar da London Eye e da Tower Bridge, que são monumentos imperdíveis. Outro lugar lindo é o bairro de Notting Hill. Para compras: Oxford Street e o shopping Westfield (enorme!). Londres tem muita coisa para fazer, pesquise sempre e não deixe para quando chegar lá, até para aproveitar melhor.

O que você tem a dizer para aqueles que sonham em fazer um intercâmbio?
Se você sonha em fazer um intercâmbio, vá atrás. Vai juntando dinheiro (pense bem naquilo que você gasta e não precisa, sabe?) e quando tiver, pesquise ao máximo sobre a cidade. Corra atrás dos seus sonhos para não se arrepender depois. Outra dica é levar a sério o intercâmbio. É claro que a gente vai querer passear muito quando chegar em outro país, mas também vale a pena aproveitar para estudar a língua um pouco mais a fundo, principalmente se você for ficar bastante tempo. Afinal, esse é o propósito inicial.

2 comentários

  1. Olha só vc publicouuu! Adorei participar...
    E to com vontade de voltar hein (quem não né?)!

    ResponderExcluir