Dublin: entre parques e cerveja

05 dezembro 2014


Antes de viajar para Londres, passei uns dias na casa dos pais da Carol, lá em Porto Alegre. Entre rolês com os nossos amigos, elaboração de roteiros e um bocado de ansiedade, tivemos uma grande ideia: visitar uma amiga nossa que estava fazendo intercâmbio em Dublin. Em questão de horas, decidimos que iríamos e compramos nossas passagens.

Quando o grande dia chegou, levantamos cedo e percorremos um longo caminho até o Aeroporto de Stansted. De lá, partimos para Dublin. A viagem foi super tranquila e a imigração ainda mais: enquanto a galera quem tinha o passaporte da União Europeia teve que se amontoar na uma fila só deles, nós passamos de boa por outra. Obrigada, Brasil!

Pegamos um ônibus que nos deixou bem no centro da cidade e de lá fomos procurar o nosso hostel. Como quase tudo de importante em Dublin, ele ficava às margens do Rio Liffey, então foi bem fácil de encontrar. Nossa amiga, Ferfa, nos encontrou por lá e nos levou ao famoso Temple Bar, que ficava ali perto. Por qualquer motivo, não tirei fotos dele. Posso chorar?





Paramos para um rápido almoço e depois a Ferfa nos levou ao Phoenix Park, que é o maior da cidade. Sentamos na grama, jogamos conversa fora e tiramos algumas fotos, pois Carol e eu estávamos bem cansadas da viagem. Antes de irmos embora, fuçamos o obelisco erguido em homenagem ao Duque de Wellington, que era irlandês e comandou o Reino Unido na batalha de Waterloo.




Mais adiante, encontramos um laguinho cheio de patos e cisnes. Carol é realmente louca por eles, então ficamos um tempão por ali socializando com essas lindezas. Inclusive, esse patinho da foto era super simpático e nós conseguimos tirar fotos dele em vários ângulos, hahaha. Não é a coisa mais querida da face da Terra?






Caminhamos um bocado pela cidade até encontrarmos a fábrica da Guinness. Lá, é possível comprar ingressos e visitar a exposição que conta a história da famosa cerveja irlandesa e mostra como ela é produzida. Também aprendemos de que forma a Guinness deve der degustada. No fim, chegamos a um bar onde ganhamos um pint e podemos apreciar uma super vista de Dublin. Recomendo!

7 comentários

  1. Minha nossa quanto verde. Lugar maravilhoso.

    ResponderExcluir
  2. MEU DEUS QUE SAUDADES DE DUBLIN E DE VOCÊS <3
    Deu até uma saudadizinha daquele céu cinza que rolava todo dia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. VEM PRA FLORIPA QUE NÃO É DUBLIN MAS TEM MUITO AMOR <3 <3 <3

      Excluir
  3. Acho que o meu desejo por conhecer a Irlanda começou depois que assisti "Casa Comigo?" e fiquei maravilhada com aquele cenário natural. Não consigo me imaginar indo para Inglaterra e não dar um pulinho até lá. *-*

    ResponderExcluir