Intercâmbio em Londres: a experiência da Flávia

26 dezembro 2014


O ano não pode chegar ao fim sem pelo menos mais uma entrevista, certo? Dessa vez, conversei com a Flávia Donohoe, que é de Brasília e vive em Malvern, mas já morou no Rio de Janeiro, em Buenos Aires, Londres e Birmingham. Vocês podem conferir toda essa trajetória e outras viagens bem interessantes no blog dela.

Mas por enquanto, vamos à entrevista!

Por que Londres?
Bem, eu escolhi Londres por causa do meu marido! Eu já a conhecia havia algum tempo, já tinha estudado em Buenos Aires, então agora era hora de melhorar o meu inglês, pois estudava Letras na universidade. Além disso, sempre fui fanática por uma banda britânica, o Blur. Um dos meus sonhos era ir ao um festival e ir a um show do Blur!

Como foram os preparativos para o intercâmbio?
Fiz tudo por meio de uma agência de São Paulo. Saiu tudo bem, eles me ajudaram em todo o processo, inclusive nas traduções dos meus documentos! Fiquei em uma escola em Fulham durante um ano e dois meses, e mais três meses em uma open college próxima à Birmingham (para essa eu apliquei sozinha).

Como foi a sua vida de intercambista?
Durante a minha estadia em Londres eu aproveitei bastante, pois tive o meu namorado como companhia. Viajei bastante pela Inglaterra e pela Europa, fui a vários shows e conheci muitas pessoas legais. Conheci bandas como McFly e Kaiser Chiefs. Trabalhei na H&M e em uma galeria de artes em King's Cross! E fui aos jogos da Premier League. A parte ruim foi ter que dividir apartamento e aí sim conheci pessoas desagradáveis. Durante a semana, ia trabalhar de manhã e à tarde ia pra escola. À noite, às vezes tinha trabalho ou saía com meus amigos da escola ou então com o meu marido! No final de semana, saía sempre com ele e viajava para algum lugar próximo ou fazíamos uma grande viagem.

Como foi lidar com o inglês?
Como eu fazia Letras e já trabalhava com traduções, não tive muita dificuldade. Além disso, o meu marido não fala português, então a única maneira era falar inglês. Na escola, falava espanhol e francês com minhas amigas, a Anne e a Olivia.

Seu marido é britânico, certo? Você pode nos contar um pouco da história de vocês?
Ele é inglês, mora próximo a Birmingham, a segunda maior cidade do Reino Unido. Ele é bem tranquilo e gosta muito de viajar, assim como eu. Nos conhecemos quando ambos estávamos em Buenos Aires estudando. Depois de um tempo decidimos namorar, e como namorar a distância é realmente complicado, apliquei para o visto de estudante e então fui ficar mais próximo dele. Foi a melhor decisão da minha vida, pois isso decidiu o meu futuro.

Quais são os lugares imperdíveis a serem visitados em Londres?
Meus lugares preferidos eram os museus. O melhor deles é o British Museum. Além disso, ia aos estádios ver os jogos da Premier League (isso para quem gosta de futebol). Para quem gosta de música, a Abbey Road e ir a algum estúdio da BBC para assistir algum programa de auditório ou musical.

O que você tem a dizer para aqueles que sonham em fazer um intercâmbio?
A quem tenha o sonho de ir para Inglaterra ou conhecer alguém por lá, vá, pois você nunca saberá se dará certo ou não se não tentar. A Inglaterra é um país incrível para estudar. Apesar de caro, tem muitas vantagens! Tudo acontece em Londres - todos os shows, musicais e eventos esportivos. Além do intercâmbio cultural, vai que em Londres você ache o amor da sua vida!

2 comentários

  1. Que legal, você publicou! Obrigada Kamylla!
    O link do blog está quebrado. Um grande abraço e obrigada por divulgar a minha história! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Demorei, mas publiquei! Hahaha. <3

      Arrumei o link do blog, obrigada por me avisar. :)

      Beijos!

      Excluir